A bebida alcoólica desempenha um papel crucial em pelo menos metade de todas as lesões traumáticas graves e mortes por queimaduras, afogamento e homicídio. Como se não bastasse, o consumo exagerado de álcool está envolvido em quatro de cada 10 quedas fatais e acidentes de trânsito.

Uma pessoa viciada talvez tenha começado com uma taça de vinho tinto porque escutou que é bom para o coração, mas isso pode não ser totalmente verdade, então vamos mostrar o que acontece com o corpo de quem bebe:

Cure o seu fígado parando de beber

O fígado trabalha para filtrar as toxinas. Portanto, beber muito – digamos que 15 drinques para homens e oito para mulheres por semana – pode afetar o órgão e causar esteatose hepática, cirrose e outros problemas. A boa notícia: seu fígado pode se reparar e até mesmo se regenerar. Portanto vale a pena diminuir ou até mesmo parar de beber.

Perca peso

Ao parar de beber, a pessoa perde peso. Um copo de cerveja tem cerca de 150 calorias e uma taça de vinho cerca de 120. Além dessas calorias, o álcool costuma aumentar o apetite e a torna mais impulsiva ao consumo de alimentos gordurosos.

Os relacionamentos melhoram

Desfrutar do álcool entre amigos pode ser benéfico para o humor e a interação, porém quando a pessoa começa a beber sozinha ou tomar vários drinques por dia, isso pode se tornar um hábito pouco saudável. Ao deixar de beber a pessoa pode se concentrar melhor em seus relacionamentos, trabalho e saúde, aliviando, inclusive, sintomas de depressão e ansiedade.

Menos problemas de saúde

Bebida em excesso enfraquece o poder de combate aos germes do corpo por até 24 horas, afetando o sistema imunológico e a capacidade dele se reparar. Menos bebidas, menos doenças.

Vencer a dependência do álcool pode tornar mais fácil voltar a pensar ou se lembrar das coisas, melhora a percepção de distâncias e mantém as habilidades motoras em alto nível.

Para ajudar alguém a abandonar o vício em bebida alcoólica, acesse o nosso site www.noalc.com.br