As pessoas que possuem diabetes, seja ela do tipo 1 ou 2, precisam privar-se de alguns tipos de alimentos que podem fazer mal e agravar o quadro clínico, levando inclusive à morte.

Entre as proibições ou as restrições a que os pacientes diabéticos necessitam adequar-se está o consumo de álcool, que ainda costuma causar muita polêmica pela falta de informações mais corretas.

Afinal, quem tem diabetes pode ou não beber? Como o álcool afeta as pessoas com diabetes, que já possuem sérios problemas de saúde?

Para saber tudo sobre esse assunto, acompanhe este artigo até o final!

 

 

Álcool e diabetes: qual a relação?

O que é a diabetes?

A diabetes pode ser descrita como um grupo de doenças que é caracterizado pelo acúmulo de açúcar (glicose) no sangue, ou seja, hiperglicemia.

Ela pode ser dividida em dois tipos principais: tipo 1 (caracterizada pela destruição das células do pâncreas por causas autoimunes) ou tipo 2 (caracterizada pela falha nas células do pâncreas ou resistência à insulina).

Assim, essas pessoas apresentam, constantemente, déficit nos níveis do hormônio insulina ou na função dela sobre os tecidos, o que leva aos quadros hiperglicêmicos que são perigosos ao organismo.

E o que o álcool pode ocasionar à saúde dessas pessoas?

 

 

Álcool e diabetes: entenda a relação

Muitos pacientes diabéticos costumam perguntar: mas não posso tomar nem um copo de cerveja ou uma taça de vinho?

Os médicos são cautelosos quanto à proibição total ou ao consumo de bebidas alcóolicas, apesar de que o ideal seria realmente a exclusão total dessa substância tão prejudicial como o álcool da vida das pessoas diabéticas.

Enquanto alguns profissionais da saúde costumam aconselhar os pacientes diabéticos a largar o vício, existem outros que permitem que o indivíduo com diabetes faça o consumo de bebidas de forma moderada.

O fato é que existem casos e casos, com alguns pacientes sequer podendo tomar um único copo de cerveja sem sentir os efeitos maléficos do álcool.

De uma forma geral, o interessante é realmente evitar o consumo de bebidas alcóolicas, pois isso evita que os diabéticos venham a sofrer com efeitos não desejados, que podem ir desde tonturas até desmaios.

Mas por que o álcool afeta tanto as pessoas diabéticas?

 

 

Como o álcool afeta os diabéticos?

O álcool é uma substância rapidamente absorvida pelo organismo após a ingestão das bebidas, o que faz com que ele chegue prontamente ao fígado, onde será metabolizado.

Além dessa função, o fígado possui dezenas de outras, como a produção de glicose (açúcar) para a corrente sanguínea, quando os níveis estão baixos.

Como os diabéticos sofrem com desregulação da insulina e, portanto, dos níveis de glicose, eles podem tanto ter picos de hiperglicemia quanto falta de glicose sanguínea (hipoglicemia).

Esse é o quadro mais comum de ocorrer em diabéticos que consomem bebidas alcóolicas, pois enquanto o fígado está ocupado metabolizado o álcool, ele não é capaz de produzir a glicose necessária para o organismo.

Assim, as taxas de glicose no sangue do paciente diabético caem a níveis perigosos, causando a chamada hipoglicemia, que pode levar até à perda de consciência (isso ocorre muito também quando se bebe sem comer).

Desse modo, é preciso verificar vários fatores quando um diabético resolve beber, como as taxas atuais de glicemia e o cuidado para manter o limite diário, por exemplo.

O que é mais indicado, portanto, é que pessoas que sofrem com a diabetes evitem o consumo das bebidas alcóolicas, pois elas não trazem nada de positivo à saúde.

 

 

Conclusão

Como você viu, existe uma enorme relação entre pessoas que sofrem com diabetes e o consumo de bebidas alcóolicas, que afetam negativamente a saúde desses indivíduos.

Pessoas que têm diabetes e ingerem álcool podem sofrer com problemas como a hipoglicemia, que causa até mesmo a perda da consciência.

Nesse caso, o ideal é que o paciente diabético largue totalmente a bebida, mas isso nem sempre é algo fácil e todo mundo sabe bem.

Desse modo, uma ótima dica para quem deseja largar o vício e parar de beber é o consumo do NoAlc, que é um vitamínico natural que evita os efeitos da abstinência alcóolica.

Se você deseja saber mais sobre o NoAlc, acesse este link e conheça as principais informações (www.noalcoriginal.com.br).

Gostou do artigo de hoje sobre como o álcool afeta pessoas com diabetes?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.