O álcool é uma droga lícita e com um alto consumo aqui no Brasil, não é à toa que é possível encontra-la em, praticamente, qualquer lugar no país, desde supermercados até aeroportos.

20% dos jovens brasileiros, atualmente, enquadram-se dentro do quesito de beber de forma frequente e em grande quantidade, o que preocupa bastante as autoridades da saúde pública.

Essa preocupação também parte por conta de muitas pessoas acreditarem que a bebida pode ser a porta de entrada para outras drogas, principalmente na juventude.

Mas será que isso é realmente verdade? Até que ponto o consumo de álcool pode influenciar as pessoas a utilizarem outros tipos de drogas, como maconha, cocaína ou crack?

Se você possui também essa dúvida sobre o álcool ser ou não é a porta de entrada das pessoas para o consumo de outras drogas, então esse artigo irá lhe ajudar a sanar este questionamento.

Acompanhe!

 

 

Bebida e consumo de outras drogas: qual a relação?

A bebida pode ser a porta de entrada para outras drogas?

Segundo pesquisas que saíram nos últimos anos, o consumo de álcool é a porta de entrada para o consumo de outras drogas ilícitas, o que aumenta a probabilidade de dependência química.

Esses pesquisadores afirmam que o consumo de bebidas alcóolicas, normalmente, vem antes do uso de cigarros, sejam de tabaco comum ou sejam de maconha.

Além disso, essas pesquisas trazem dados ainda mais preocupantes referentes à idade com que as pessoas começam a beber e as chances de elas virem a tornar-se consumidores, futuramente, de outros tipos de drogas.

Aquelas pessoas que iniciam o consumo de álcool mais jovens, antes de completar a maioridade, têm mais chances de vir a envolver-se, a longo prazo, com substâncias ilícitas, como a cocaína e o crack, por exemplo.

Isso também ocorre por elas estarem mais suscetíveis a aceitarem as ofertas de amigos para provar outras drogas, principalmente no contexto de estarem “enturmados”.

Mas não são apenas os menores de idade que podem ser influenciados e ter as bebidas como porta de entrada para outras drogas.

As pessoas adultas também estão suscetíveis, em especial aquelas que tornam-se dependentes do álcool.

Com o número de propagandas sendo colocadas, diariamente, para todas as pessoas, nas mais diversas mídias, estimulando o consumo de bebidas alcóolicas, isso torna-se uma grande preocupação para a saúde pública brasileira.

 

 

A importância de livrar-se do vício em bebidas

Pelo que foi visto, é muito importante livrar-se do vício em bebidas, de forma a tornar-se menos suscetível ao uso de outras drogas ilícitas.

O grande problema é que nem sempre é fácil parar de beber, principalmente quando é um vício que já acompanha o indivíduo há algum tempo.

Entretanto, há formas de tornar essa luta contra as bebidas alcóolicas menos dolorosa, como é o caso de algumas dicas para parar de beber com saúde.

Uma delas é utilizar tratamentos naturais que não agridam o organismo, como é o caso do NoAlc.

O NoAlc é um suplemento multivitamínico feito justamente para quem está tentando livrar-se do vício do álcool, pois permite que a pessoa possa superar esse problema sem os sintomas da abstinência e sem efeitos colaterais.

Se você desejar saber mais sobre o NoAlc, acesse este link e veja como ele pode ajudá-lo (https://www.noalcoriginal.com.br/).

 

 

Conclusão

Como você viu, o álcool pode ser uma porta de entrada dos indivíduos para a utilização de outras drogas, como as ilícitas.

Assim, é preciso ficar atento ao consumo de bebidas alcóolicas por parte dos jovens, que são mais suscetíveis a esse tipo de indução.