O álcool e o cigarro já estão presentes na vida dos povos há muito tempo, e aqui no Brasil eles ainda são realidade para uma parte da população.

Apesar de ter havido uma grande campanha de conscientização sobre o uso do cigarro, o mesmo não houve com as bebidas alcóolicas (apesar de ter sido aplicada a Lei Seca no país).

Assim, já é mais raro ver pessoas fumando aqui no Brasil em comparação com duas décadas atrás, por exemplo, mas o consumo de álcool não diminuiu, pelo contrário, parece começar cada vez mais cedo.

Mas a grande pergunta que as pessoas se fazem é: o que é mais prejudicial, o álcool ou o cigarro?

Este artigo visa tratar exatamente dessa resposta, que você verá por meio de alguns números e fatos.

Acompanhe!

 

 

Álcool ou Cigarro: qual o pior para a saúde?

Álcool e Cigarro: drogas lícitas

Os efeitos prejudiciais do álcool e do cigarro para o organismo já são bastante conhecidos, mas mesmo assim, essas drogas são lícitas, ou seja, elas são legalizadas em quase todos os países do mundo.

Isso faz com que seu consumo seja liberado e tenha um imenso apelo, com milhões de pessoas consumindo-as diariamente.

Ambas são altamente viciantes, o que as faz serem comparadas às drogas ilícitas, como a cocaína e a maconha, por exemplo.

O consumo de álcool é maior do planeta entre as drogas, tornando-se um verdadeiro abuso que traz diversos malefícios ao organismo.

Órgãos como fígado, pâncreas, rins, estômago, cérebro e coração são os mais atingidos por essa droga potencialmente perigosa, tendo um consumo anual por pessoa de 6,5 litros (de bebidas) e mais de 60 milhões de dependentes.

O cigarro não fica muito atrás, com mais de 15% da população mundial usando-o diariamente (além dos outros derivados do tabaco, como cachimbos e charutos).

Entre os órgãos mais afetados pelo tabagismo estão os pulmões, a laringe, o cérebro e o coração.

Assim, o número de mortes causadas por essas duas drogas atinge números altíssimos, na faixa dos milhões por ano.

Mas sabendo que elas são potencialmente prejudiciais ao organismo, qual delas é a pior?

 

 

Qual a mais prejudicial?

Os estudos demonstram que os níveis aos quais o cigarro pode ser prejudicial ao organismo são bem mais baixos do que o álcool, visto que as pessoas costumam fumar mais do que beber em um dia, por exemplo.

É importante entender que esses dados levam em consideração aquelas pessoas que não sofrem com alcoolismo, que bebem praticamente todos os dias em alta quantidade.

O fato é que o cigarro, em alta quantidade, pode causar um aumento muito maior ao risco de desenvolvimento de câncer do que o álcool (até 3 vezes mais).

Entre os tipos de câncer que o álcool apresenta-se como um fator de risco estão o de pulmão, o de boca, o de garganta e o de laringe, por exemplo.

O álcool, além do risco do desenvolvimento de diversas doenças, entre elas o câncer de fígado, de cabeça e pescoço e de estômago, ainda traz a questão do aumento de mortes no trânsito, homicídios e suicídios.

Assim, pode-se dizer que o cigarro aumenta as chances do desenvolvimento de alguns tipos de câncer que são potencialmente mortais, enquanto o álcool aumenta o risco geral de doenças e mortes (de vários tipos, além das doenças).

Um dado curioso mostra que as pessoas que bebem tende a fumar mais, o que mostra que o álcool pode ser um fator de risco para o tabagismo.

Desse modo, arrisco dizer que essas duas drogas são potencialmente prejudiciais, mas o álcool ainda parece ser pior, já que pode induzir, inclusive, ao fumo.

 

 

Conclusão

Como você viu, o álcool e o cigarro são duas drogas ilícitas bastante utilizadas em todo o mundo, e que são muito prejudiciais ao organismo.

As duas são, então, maléficas à saúde, mas pode-se dizer que os riscos ocasionados pelo álcool, inclusive quanto ao vício em cigarros, são bem maiores.

Para você que está tentando parar de beber, mas que não está tendo êxito no seu objetivo, indico o NoAlc, um vitamínico natural que auxilia na cura do vício contra o álcool.

Se quer saber mais sobre esse produto, acesse esse link (www.noalcoriginal.com.br).

Gostou do artigo de hoje sobre qual das duas drogas é mais prejudicial, o álcool ou o cigarro?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.